Passada a ressaca do impacto causado pelo fechamento da mais bem equipada academia do Brasil já posso escrever de maneira mais racional possível.

Não vou entrar no mérito da questão de que o proprietário está sendo egoísta ou não(pessoalmente acho que não). Eu não faço julgamento com o dinheiro de ninguém. Não gosto que façam isso comigo, e aprendi ano passado que cada um sabe o que faz quando se trata de dinheiro. Ninguém paga as nossas contas a não ser nós mesmos. Sabemos doloridamente quando temos de abrir mão de algum mimo ou conforto que temos porque não podemos mais sustentar. Passo por isso diariamente, e sempre passarei por isso.

A questão é de que, assim como Janine Cardoso, e todos os alunos mensalistas da academia também acreditam :de que não havia necessidade de fechar as duas academias. Cada uma tem a sua característica : ambas possui qualidade e defeitos. Ou na pior das hipóteses, se tem de fechar, que feche as duas.

Não deixarei de escalar por isso. É preciso muito mais um fechamento de academia mau gerida para me fazer parar de escalar. Irei sim para a 90 graus. Uma academia tão boa quanto a Casa de Pedra. Muito conhecida também por seu ambiente amigável e pelo respeito irrestrito e incondicional que a academia tem por seus clientes. É inegavel que houve esforços das pessoas interessadas em fazer acontecer muitas idéias, e cumprir as instruções. Mas não adiantou muito.

A questão é de que o ocorrido poderia ter sido evitado. Colocar a culpa em crise é conversa para boi dormir. Conversa mole mesmo. Em três anos que vou à academia vi verdadeiros exemplos de descaso com as boas práticas de administração. Vou citar as mais gritantes e repetitivas :

  • Diversas vezes cheguei para treinar, e sem o menor aviso ao frequentador, o local estava fechado. Seja para evento, seja para alguma manutenção. Incluindo aí alguns finais de semana. Nem mesmo ter desconto deste dia que foi preterido de escalar o mensalista tinha. Mostando várias vezes o descaso que tinha com cada frequentador.
  • Por diversas vezes vi pessoas querendo alugar uma corda para guiar, e não ter nenhuma disponível. No mesmo local, podia-se emprestar-se um grigri, mas não há mosquetão dsponível. Mostrando o total despreparo em termos de equipamentos e ausência de logística.
  • Fez-se uma verdadeira "caça às bruxas" com vários procedimentos de escalada, incluindo aí o uso do grigri. Tudo apenas para "inglês ver". Após um período, tudo voltava à normalidade. Deixando assim transparecer que o emocional era muito mais importante que o racional. Que a vontade era "apavorar" quem queria escalar. Não havia NENHUM quadro explicativo das medidas de segurança. Nenhuma imagem, nada. O desinteresse em informar os escaladores era enorme. Uma idéia boa que deixou-se perder no desinteresse
  • O descaso até mesmo com o tipo de som colocado na academia , criando um ambiente que em nada parecia agradável de se escalar acontecia sistematicamente. Contribuindo em muito para que o desinteresse das pessoas iniciantes cada vez mais aumentasse.
  • O preço de R$99,00 em janeiro passou para R$140, sendo assim um aumento impossível de ser pago por muita gente iniciando no esporte. Uma diária de escalador com R$25,00 sem incluir aí o preço do equipamento. Espantando assim toda e qualquer idéia de se levar alguém iniciante a escalar. Lembro que com R$40,00 você pode comer em qualquer lugar de qualidade em São Paulo.
  • No último ano, a renovação de vias deixou de ser de 3 em 3 meses, e passou a ser feita de 6 em 6 meses. Algumas feitas para público iniciante realizada por route-setter que nem escalador era, e muito menos se interessava pela atividade. Desmotivando assim os escaladores que frequentavam a academia para treinar forte, e quem começava também, por ter vias "tortas".
Esta foram apenas alguns dos muitos desrespeitos com os clientes. Que naturalmente após isso sumiram. Citei os mais recorrentes, apenas para o post ficar pequeno.

Sim a Casa de Pedra fechou, mas não acredite você que foi por causa da crise, ou porque o esporte está em decadência. Isso é uma conversa para um outro post. A culpa é somente de uma administração amadora. . Apesar dos esforços daqueles que gostam da casa de pedra(o que me inclui na lista).

Estes motivos fecham qualquer coisa.